Para aceder ao website da McDonald’s® Portugal utilize, por favor, um dos seguintes browsers: Microsoft Edge, Chrome, Firefox ou Safari.

Este site utiliza cookies. Ao navegar, estará a consentir com a sua utilização.

Saiba mais sobre a Política de Cookies aqui

Happy Meal Readers

Os gémeos encontram um quaga

A família Pinheiro-Bravo viaja até à África do Sul.

A família Pinheiro-Bravo inventou uma máquina do tempo que também consegue viajar debaixo de água, pela neve e pelo gelo, através da selva e das planícies para estudar animais incríveis, tanto no presente como no passado. Os gémeos encontram um quaga e… a aventura começa!

Leia mais sobre esta aventura

Quaga


Nome comum Quaga
Nome científico Equus quagga quagga
Tipo Mamífero
Altura 1,20m a 1,35m
Peso 120 a 250 kgs
Habitat África do Sul
População 22,000 a 31,000
Estado Espécie Extinta



Já alguma vez tinham visto uma zebra com riscas castanhas e só em metade do corpo?

O quaga é uma sub-espécie da zebra, que viveu nas planícies sul-africanas até finais do século XIX. Apesar de não sabermos muito sobre a espécie, sabemos que eram um pouco mais pequenas que as zebras atuais e acredita-se (pelos relatos da época) que tinham um comportamento mais dócil e viviam em manadas de 25 a 50 membros.
Eram, tal como as suas parentes atuais, animais herbívoros, que passavam os seus dias à procura das melhores pastagens. E, tal como as nossas zebras, eram um dos animais mais únicos do planeta.



Estado da espécie

Infelizmente, devido à caça intensiva (facilitada pelo seu caráter manso, que as tornava mais fáceis de caçar), o quaga encontra-se extinto.
Apesar de já não existirem na natureza, os quagas recordam-nos da riqueza e diversidade animal que existe e existiu no nosso planeta e da necessidade de a conservar, para que mais espécies não desapareçam.


Curiosidades
  • O seu nome é uma onomatopeia, isto é, o nome deriva do som que estes animais faziam: “quaaaaga”.
  • Os padrões das riscas das quagas eram diferentes em cada indivíduo e eram uma espécie de impressão digital, para identificar cada membro da manada.
  • Em 1984, o quaga foi a primeira espécie extinta a ter o seu DNA analisado e o “Projecto Quaga” está a tentar recriar a espécie a partir das aparentadas zebras de Purchell.