Dizem que os nossos
hambúrgueres são
feitos com tudo
e mais alguma coisa.

Descobre a história por detrás
dos nossos hambúrgueres.

fechar
Queres vir
fazer uma visita?
A próxima visita irá realizar-se
dia 16 de abril, das 06h00 às 18h30
Nome*
E-Mail*
Idade*
Profissão*
Telemóvel*
Morada
Código Postal
--
Localidade*
O que Pretendes Visitar*
Diz-nos o motivo pelo qual desejas realizar a visita*
Li e aceito os termos e condições do regulamento.
Ler Regulamento
Pretendo receber comunicações publicitárias futuras referentes a produtos, serviços ou iniciativas promovidas pela A.R.M.
(Associação de Restaurantes McDonald’s)
O teu formulário foi submetido com sucesso!
Perguntas e respostas

Qual é o tipo de carne que utilizam nos hambúrgueres?

Os nossos hambúrgueres são 100% carne de vaca e só usamos peças inteiras, desossadas manualmente, das abas e quartos dianteiros, de animais criados em várias quintas Europeias, incluindo portuguesas.

Os nossos hambúrgueres são certificados por uma entidade independente, a APCER (Associação Portuguesa de Certificação), segundo a norma 5003, que atesta que são 100% carne de vaca.

Onde é que compram a vossa carne?

Todos os hambúrgueres de vaca, porco e os produtos de frango são fornecidos pelo nosso fornecedor exclusivo, a OSI Food Solutions.

Para os hambúrgueres de vaca, a OSI compra matéria-prima a diferentes fornecedores, sendo a carne (abas e quartos dianteiros) proveniente de animais criados em várias quintas Europeias, incluindo portuguesas.

Quanto à carne de porco, a OSI incorpora já 100% das necessidades da McDonald’s Portugal de carne de porco portuguesa.

Para os produtos de frango, compra matéria-prima a diferentes fornecedores europeus.

A carne da McDonald's é de origem nacional?

Neste momento cerca de 60% da carne de vaca usada nos nossos hambúrgueres é portuguesa.

Como são feitos os hambúrgueres da McDonald's?

Com 100% carne de vaca. O nosso fornecedor recebe as abas e os quartos dianteiros da vaca já desossados. Essa carne é picada, moldada em hambúrguer, ultracongelada e embalada. Depois, os nossos hambúrgueres são transportados em camiões equipados para manter a temperatura entre -23ºC e -18º C até à chegada a cada um dos restaurantes McDonald’s. No restaurante, os hambúrgueres de vaca são grelhados sem qualquer adição de gordura, a uma temperatura que permite a sua total confeção, garantindo assim a sua segurança alimentar e qualidade máximas. No final, é adicionada uma pitada de sal e pimenta.

Por vezes, fala-se na utilização de carne “estranha”
na conceção dos hambúrgueres McDonald’s.
Como é que se descansa o consumidor
quanto à proveniência da carne?

Dando a conhecer a origem e o percurso dos ingredientes usados no fabrico dos nossos produtos. Todos os consumidores que queiram ver como os nossos hambúrgueres são feitos, podem inscrever-se no nosso site para uma visita ao nosso fornecedor.

Como é transportada a carne?

Os nossos hambúrgueres são transportados em camiões com temperaturas entre -23º e -18ºC, para que se garanta a cadeia de frio e respetiva segurança alimentar e qualidade máximas.

O que é que acrescentam à carne do hambúrguer
para ela ter aquele sabor?

Nada, é apenas 100% carne de vaca, grelhada e no final temperada com uma pitada de sal e pimenta.

Qual é a percentagem de gordura dos hambúrgueres?

Os nossos hambúrgueres são 100% carne de vaca, por isso toda a sua gordura é natural da própria carne e nunca ultrapassa os 20% conforme a legislação em vigor.

Utilizam hidróxido de amónia na confeção
dos vossos hambúrgueres, tal como afirmou o Jamie Oliver?

Não. A McDonald’s, em Portugal, bem como na Europa, não usa hidróxido de amónia na elaboração dos seus hambúrgueres. Os nossos hambúrgueres são certificados por uma entidade independente, a APCER (Associação Portuguesa de Certificação), segundo a norma 5003, que atesta que são 100% carne de vaca, mais nada.

Qual a temperatura a que a carne é cozinhada
e durante quanto tempo?

A temperatura a que a carne é grelhada é constante (177ºC / 218ºC). O que varia é o tempo, consoante a espessura do hambúrguer em questão, para garantir que se mantém a temperatura interna mínima de 69ºC, de forma a assegurar a segurança alimentar da carne, eliminando assim qualquer risco para a saúde pública.

Como funciona o sistema de rastreabilidade?

Cada animal possui um número único inscrito em dois brincos e um passaporte onde são registadas todas as suas deslocações. No abate, a identidade dos animais é verificada e registada em cada lote de carne. Depois, quando chega à unidade de transformação, é atribuído um código interno que permite seguir a carne ao longo do processo de fabrico.

No final da produção, em cada caixa de hambúrgueres é marcada a data e hora de produção, e a origem da carne, permitindo identificar o lote de produção e fazer a ligação à carne utilizada.

Por fim, quando sai da fábrica é atribuído um código de barras a cada palete, o que permite rastrear as caixas de carne até aos restaurantes. Desta forma garantimos a rastreabilidade de acordo com a regulamentação vigente, ao longo de todo o processo – desde a quinta até ao restaurante.

Usam algum tipo de aditivo ou conservante
nos vossos hambúrgueres de vaca?

Não, não utilizamos conservantes ou aditivos na confeção dos nossos hambúrgueres. Os nossos hambúrgueres são 100% carne de vaca. No restaurante, os hambúrgueres são grelhados, adicionando apenas uma pitada de sal e pimenta.