Para aceder ao website da McDonald’s® Portugal utilize, por favor, um dos seguintes browsers: Microsoft Edge, Chrome, Firefox ou Safari.

Este site utiliza cookies. Ao navegar, estará a consentir com a sua utilização.

Saiba mais sobre a Política de Cookies aqui

Aceitar

Sobre a McDonald's

Ambiente

Na McDonald's acreditamos que cada ação faz a diferença. Sempre que mudamos alguma coisa, muita coisa muda.

A McDonald’s e o Ambiente

Na McDonald's reconhecemos a necessidade de proteger e preservar o ambiente.
Considerando a nossa escala, sabemos o impacto que a nossa atividade tem no nosso Planeta e por isso, empenhamo-nos em analisar cada aspeto do nosso negócio, verificar o seu impacte ambiental e implementar medidas com vista à sua minimização, bem como sermos agentes promotores de mudança.
Trabalhamos em conjunto com parceiros e fornecedores para continuar a repensar, reduzir, reciclar e reutilizar os materiais das nossas cadeias de negócio e soluções sustentáveis.
Acreditamos que é nesta articulação de esforços e partilha de boas práticas que iremos conseguir, enquanto setor, alcançar um impacte ambiental positivo.

Embalagens

Com os compromissos ambientais que assumimos, e promovendo testes-piloto junto dos clientes, iniciámos a alteração das nossas embalagens, substituindo o plástico descartável por materiais mais sustentáveis. Nas nossas embalagens utilizamos matéria-prima certificada pelo Forest Stewardship Council (FSC) em alternativa ao plástico.

Começámos por substituir as paletinas em plástico, para mexer as bebidas quentes, como café, por paletinas em madeira. Seguiu-se o copo com tampa em plástico do gelado McFlurry, substituído por uma só embalagem em papel sem tampa e os copos transparentes em plástico para servir água, cerveja e sumo, que são agora em papel e entregues apenas a pedido do cliente.

Orgulhamo-nos de comunicar que já não há palhinhas em plástico nos restaurantes McDonald’s em Portugal. As antigas palhinhas de plástico foram substituídas por palhinhas em papel e são fornecidas apenas quando o cliente pede.

Também já substituímos a colher em plástico do McFlurry, por uma colher em madeira, e o copo em plástico do Sundae por um copo em papel. Os copos de bebidas frias, em papel, quando consumidos no restaurante são servidos sem tampa.

Estamos a trabalhar em outras alterações e soluções para tornar as nossas embalagens e utensílios mais sustentáveis. Teremos novidades em breve!

Reciclagem

Até 2025, comprometemo-nos a reciclar as embalagens McDonald’s dos clientes em todos os restaurantes a nível mundial.

Em Portugal, todos os restaurantes têm ecopontos nas suas salas, mas queremos disponibilizar, nos novos restaurantes, um novo modelo de ecoponto, com mais compartimentos para maior eficácia na separação de resíduos.

Para além disso, os resíduos de embalagens de cartão e plástico são devidamente acondicionados em contentores próprios e são depois compactados e transportados para os ecopontos respetivos. O nosso sistema de compactação permite uma redução de volume de resíduos em 66%.

Reciclagem de Óleos Alimentares Usados

A McDonald’s desenvolveu e implementou um sistema de gestão de Óleos Alimentares Usados (OAU), em 2010. O Óleo Alimentar Usado é reutilizado para produzir biodiesel, um combustível com índices de emissão de dióxido de carbono até 80% mais baixos do que o gasóleo.

Em todas as cozinhas dos restaurantes McDonald’s, em Portugal Continental, existe um reservatório especial para a colocação de todos os óleos alimentares usados no restaurante. Este óleo usado é recolhido pela HAVI, a mesma empresa que efetua o abastecimento dos restaurantes. A recolha de óleos é sempre realizada num regresso de um abastecimento ao restaurante, por forma a rentabilizar as voltas.

Este sistema assegura 100% de recolha seletiva de OAU e que 100% dos OAU é utilizado para produção de biodiesel, assegurada por uma empresa certificada (Bioadvance), o que corresponde a cerca de 750 toneladas por ano.

Este sistema de gestão permite a valorização deste resíduo e contribui para a redução da pegada de carbono da McDonald’s. Ainda, esta sinergia permite também beneficiar a Fundação Infantil Ronald McDonald, que recebe um donativo anual de cerca de 175.000 EUR, resultante da venda dos Óleos Alimentares Usados para a produção de biodiesel.

No início deste projeto, a HAVI incorporava 30% do biodiesel produzido, no combustível das viaturas da sua frota movidas a diesel. Atualmente, dado que a HAVI utiliza gás natural veicular (GNV) na sua frota, o biodiesel fabricado através da reutilização dos OAU é vendido a várias empresas de transportes.

O Sistemas de gestão de óleos alimentares usados criado em Portugal já inspirou outros mercados da McDonald’s.

Eficiência Energética

Adotamos práticas de construção sustentável, para reduzir o impacto associado à construção ou remodelação dos nossos restaurantes, e soluções ao nível dos equipamentos para promover a eficiência energética. São exemplos:

  • Aplicação de materiais de construção sustentáveis;
  • Equipamentos e tecnologia energeticamente eficientes energeticamente, como a iluminação 100% LED;
  • Sistema de gestão centralizado de energia;
  • Eficiência energética dos sistemas de climatização, ventilação, refrigeração e consumo de água
  • Introdução de painéis fotovoltaicos em restaurantes.
Quer se trate de materiais de construção dos nossos restaurantes ou materiais que utilizamos para servir os nossos clientes todos os dias, seguimos o princípio de preservar ao máximo os recursos naturais e reduzir, sempre que possível, a produção de resíduos.

Utilizamos painéis solares para aquecimento de água e procuramos uma redução efetiva do consumo de água, através da utilização de dispositivos e equipamentos para o efeito. Ainda, os quadros elétricos têm instalado um dispositivo de controlo que permite uma redução no consumo de energia.
Apostamos na Mobilidade Elétrica e já começámos a instalar carregadores para veículos elétricos em alguns restaurantes com McDrive, bem como na Sede da Empresa no nosso país.

Todos os restaurantes do país têm certificação do Sistema de Gestão Ambiental (SGA), de acordo com a norma ISO 14001. A McDonald’s foi a primeira marca de restauração de serviço rápido a certificar o SGA de todos os restaurantes.
Também com vista a promover a melhoria contínua do desempenho ambiental e da redução dos impactes ambientais, em 2004 a McDonald’s implementou uma rigorosa política ambiental.

Integração nas comunidades

Queremos assegurar o conforto dos nossos consumidores, sem esquecer o dos nossos vizinhos. Por isso esforçamo-nos por reduzir alguns efeitos que a nossa atividade pode causar sejam eles sonoros, olfativos ou visuais, e por garantir a limpeza em redor dos nossos restaurantes. Apesar de existirem caixotes do lixo nas proximidades, as nossas equipas fazem rondas diárias de limpeza nas zonas envolventes.

Sempre que projetamos um novo restaurante é elaborado um estudo de ruído e de odor. Caso sejam detetados problemas sonoros ou de odor, provenientes da confeção dos alimentos, são propostos equipamentos específicos de modo a reduzir eventuais incómodos para os nossos vizinhos.

Alterámos consideravelmente a arquitetura das nossas fachadas de modo a respeitar o estilo e ambiente nos locais onde nos encontramos. Além disso, como grande parte dos nossos restaurantes possui parque de estacionamento, fazemos questão de criar espaços verdes e de assegurar a sua manutenção.

Parceiros

Enquanto empresa responsável, o nosso papel é também o de garantir que a produção das nossas matérias-primas, por parte dos nossos fornecedores, e o seu transporte até aos nossos restaurantes, provoca o menor impacte ambiental possível.

Na qualidade de fornecedor de serviços logísticos e de transporte, a HAVI-LOGISTICS, adota medidas de desenvolvimento caracterizadas por:

  • Uma frota de veículos de entrega multi-temperaturas que permite entregar, de uma só vez, todos os nossos produtos (produtos ultracongelados, produtos frescos e produtos à temperatura ambiente) nos nossos restaurantes e reduzir de forma significativa o número de camiões a circular nas estradas.
  • Recentemente a HAVI-LOGISTICS passou a utilizar apenas gás natural veicular (GNV) na sua frota.

Dúvidas ou questões?

Aceda às nossas perguntas mais frequentes e, caso continue com dúvidas, contacte-nos diretamente.